Lote 172
Carregando...

Tipo:
Fotografia

Álbum com 12 fotografias albuminadas originais do Centro Antigo da Cidade de São Paulo em 1862. 23 cm x 31 cm. Encadernação plena em couro, assinada pelo renomado encadernador paulista Fred Lane (1932-2013). Conjunto extremante raro de fotografias originais de Militão Augusto de Azevedo na época que a cidade de São Paulo possuía apenas 45 ruas e aproximadamente 25 mil habitantes. O conjunto fotográfico aqui apresentado pertence à chamada primeira fase do Álbum Comparativo, quando a cidade ainda apresentava suas feições da época colonial e mostra pontos do núcleo histórico correspondente à área do chamado Triângulo, delimitada pelas ruas Direita, São Bento e 15 de Novembro (então Rua da Imperatriz), até as vias e chácaras localizadas nos limites da cidade, bem como os caminhos de saída da cidade. As fotografias encontram-se montadas em chapas de cartão com títulos escritos à mão em letra do século XIX (Por comparação, acreditamos trata-se de letra do próprio punho de Militão Augusto).Constam do álbum, por ordem: 1. Panorama. Vista Região Central de São Paulo (Um ângulo diferente dos tipos comumente apresentados do Álbum comparativo). 14,5 cm x 20,5 cm.2. Panorama. Vista do Paredão dos Piques. 14,3 cm x 20,5 cm.3. Vista Região Central de São Paulo (outro ângulo). 14,2 cm x 20,7 cm.4. Panorama. Cidade de São Paulo e Antigo Miguel Carlos. Vista tirada do Seminário Episcopal. (Região central da cidade; ângulo do álbum comparativo). 14,5 cm x 20,5 cm.5. Palácio. Igreja e o Convento do Colégio. 14,5 cm x 20,8 cm.6. Academia. Vista do Convento de São Francisco e da Faculdade de Direito. 14,5 cm x 20,2 cm. 7. Paredão dos Piques, Ladeiras da Consolação e da Rua da Palha (ângulo diferente do apresentado no álbum comparativo). 14,5 cm x 20,7 cm.8. Rua do Ouvidor com Rua José Bonifácio. 14,5 cm x 20,7 cm.9. Rua do Comércio (atual Álvares Penteado). 14,5 cm x 20,9 cm.10. Rua Capitão Salomão. Rua da Esperança, Esquina Com Rua de Santa Teresa - em Direção À Igreja dos Remédios. 14,3 cm x 21 cm.11. Rua Nova de São José (atual Líbero Badaró), tomada da esquina da Rua Direita, aproximadamente entre 1870 e 1880. O prédio da esquerda era o antigo solar dos Barões de Itapetininga (mais tarde dos Barões de Tatuí), demolido em 1889 para a construção do Viaduto do Chá. 14,3 cm x 20,9 cm.12. Rua do Carmo (Com destaque para o Solar da Marquesa de Santos). 14,3 cm x 20,7 cm.

Peça

Visitas: 402

Tipo: Fotografia

Álbum com 12 fotografias albuminadas originais do Centro Antigo da Cidade de São Paulo em 1862. 23 cm x 31 cm. Encadernação plena em couro, assinada pelo renomado encadernador paulista Fred Lane (1932-2013). Conjunto extremante raro de fotografias originais de Militão Augusto de Azevedo na época que a cidade de São Paulo possuía apenas 45 ruas e aproximadamente 25 mil habitantes. O conjunto fotográfico aqui apresentado pertence à chamada primeira fase do Álbum Comparativo, quando a cidade ainda apresentava suas feições da época colonial e mostra pontos do núcleo histórico correspondente à área do chamado Triângulo, delimitada pelas ruas Direita, São Bento e 15 de Novembro (então Rua da Imperatriz), até as vias e chácaras localizadas nos limites da cidade, bem como os caminhos de saída da cidade. As fotografias encontram-se montadas em chapas de cartão com títulos escritos à mão em letra do século XIX (Por comparação, acreditamos trata-se de letra do próprio punho de Militão Augusto).Constam do álbum, por ordem: 1. Panorama. Vista Região Central de São Paulo (Um ângulo diferente dos tipos comumente apresentados do Álbum comparativo). 14,5 cm x 20,5 cm.2. Panorama. Vista do Paredão dos Piques. 14,3 cm x 20,5 cm.3. Vista Região Central de São Paulo (outro ângulo). 14,2 cm x 20,7 cm.4. Panorama. Cidade de São Paulo e Antigo Miguel Carlos. Vista tirada do Seminário Episcopal. (Região central da cidade; ângulo do álbum comparativo). 14,5 cm x 20,5 cm.5. Palácio. Igreja e o Convento do Colégio. 14,5 cm x 20,8 cm.6. Academia. Vista do Convento de São Francisco e da Faculdade de Direito. 14,5 cm x 20,2 cm. 7. Paredão dos Piques, Ladeiras da Consolação e da Rua da Palha (ângulo diferente do apresentado no álbum comparativo). 14,5 cm x 20,7 cm.8. Rua do Ouvidor com Rua José Bonifácio. 14,5 cm x 20,7 cm.9. Rua do Comércio (atual Álvares Penteado). 14,5 cm x 20,9 cm.10. Rua Capitão Salomão. Rua da Esperança, Esquina Com Rua de Santa Teresa - em Direção À Igreja dos Remédios. 14,3 cm x 21 cm.11. Rua Nova de São José (atual Líbero Badaró), tomada da esquina da Rua Direita, aproximadamente entre 1870 e 1880. O prédio da esquerda era o antigo solar dos Barões de Itapetininga (mais tarde dos Barões de Tatuí), demolido em 1889 para a construção do Viaduto do Chá. 14,3 cm x 20,9 cm.12. Rua do Carmo (Com destaque para o Solar da Marquesa de Santos). 14,3 cm x 20,7 cm.

Informações

Lance

    • 0 lance(s)

    • R$ 8,000.00

    • R$ ,00

Termos e Condições
Condições de Pagamento
Frete e Envio
  • TERMOS E CONDIÇÕES

    1. As obras que compõem o presente LEILÃO, foram cuidadosamente espertizadas pelos organizadores que, solidários com os proprietários das mesmas, se responsabilizam por suas descrições.

    2. Em caso eventual de engano na espertizagem de obras, comprovado por peritos idôneos, e mediante laudo assinado, ficará desfeita a venda, desde que a reclamação seja feita em até 5 dias após o término do leilão. Findo o prazo, não será mais admitidas quaisquer reclamação, considerando-se definitiva a venda.

    3. As obras estrangeiras serão sempre vendidas como Atribuídas.

    4. O Leiloeiro não é proprietário dos lotes, mas o faz em nome de terceiros, que são responsáveis pela licitude e desembaraço dos mesmos.

    5. Elaborou-se com esmero o catálogo, cujos lotes se acham descritos de modo objetivo. As obras serão vendidas NO ESTADO em que foram recebidas e expostas. Descrição de estado ou vícios decorrentes do uso será descrito dentro do possível, mas sem obrigação. Pelo que se solicita aos interessados ou seus peritos, prévio e detalhado exame até o dia do pregão. Depois da venda realizada não serão aceitas reclamações quanto ao estado das mesmas nem servirá de alegação para descumprir compromisso firmado.

    6. Os leilões obedecem rigorosamente à ordem do catálogo.

    7. Ofertas por escrito podem ser feitas antes dos leilões, ou autorizar a lançar em seu nome o que será feito por funcionário autorizado.

    8. O Leiloeiro colocará a título de CORTESIA, de forma gratuita e confidencial, serviço de arrematação pelo telefone e Internet, sem que isto o obrigue legalmente perante falhas de terceiros.

    8.1. LANCES PELA INTERNET: O arrematante poderá efetuar lances automáticos, de tal maneira que, se outro arrematante cobrir sua oferta, o sistema automaticamente gerará um novo lance para aquele arrematante, acrescido do incremento mínimo, até o limite máximo estabelecido pelo arrematante. Os lances automáticos ficarão registrados no sistema com a data em que forem feitos. Os lances ofertados são IRREVOGÁVEIS e IRRETRATÁVEIS. O arrematante é responsável por todos os lances feitos em seu nome, pelo que os lances não podem ser anulados e/ou cancelados em nenhuma hipótese.

    Em caso de empate entre arrematantes que efetivaram lances no mesmo lote e de mesmo valor, prevalecerá vencedor aquele que lançou primeiro (data e hora do registro do lance no site), devendo ser considerado inclusive que o lance automático fica registrado na data em que foi feito. Para desempate, o lance automático prevalecerá sobre o lance manual.

    9. O Leiloeiro se reserva o direito de não aceitar lances de licitante com obrigações pendentes.

    10. Adquiridas as obras e assinado pelo arrematante o compromisso de compra, NÃO MAIS SERÃO ADMITIDAS DESISTÊNCIAS sob qualquer alegação.

    11. O arremate será sempre em moeda nacional. A progressão dos lances, nunca inferior a 5% do anterior, e sempre em múltiplo de dez. Outro procedimento será sempre por licença do Leiloeiro; o que não cria novação.

    12. Em caso de litígio prevalece a palavra do Leiloeiro.

    13. As obras adquiridas deverão ser pagas e retiradas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%). Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda e, por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores.

    14ª. As despesas com as remessas dos lotes adquiridos, caso estes não possam ser retirados, serão de inteira responsabilidade dos arrematantes. O cálculo de frete, serviços de embalagem e despacho das mercadorias deverão ser considerados como Cortesia e serão efetuados pelas Galerias e/ou Organizadores mediante prévia indicação da empresa responsável pelo transporte e respectivo pagamento dos custos de envio.

  • CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

    A vista com acréscimo da taxa do leiloeiro de 5%.
    Através de depósito ou transferência bancária em conta a ser enviada por e-mail após o último dia do leilão.
    Não aceitamos cartões de crédito ou débito

  • FRETE E ENVIO

    As despesas com retirada e remessa dos lotes, são de responsabilidade dos arrematantes. Ver Condições de Venda do Leilão.
    Despachamos para todos os Estados.